RADA™ é um ensemble autómato musical inspirado no ensemble de percussão usado nos ritos dedicados às divindades Rada originárias do Benin, constituído por três tambores de diferentes tamanhos e percussões auxiliares, onde os executantes assumem a função de estimular e interagir com os estados extáticos dos participantes. Este autómato – constituído por actuadores electromecânicos que percutem os tambores – que recorre a técnicas de composição algorítmica, nomeadamente aos algoritmos genéticos, para gerar uma plêiade de novas composições cujo gene provém de uma pesquisa musical e etnológica que resulta num destino musical incerto e desconhecido, recorrendo a várias iterações evolutivas e mutacionais.

 

RADA™ is an automaton musical ensemble inspired by the percussion ensemble used in rites dedicated to Rada deities originating in Benin, consisting of three drums of different sizes and auxiliary percussions, where the players assume the role of stimulating and interacting with the participants’ ecstatic states . This automaton – consisting of electromechanical actuators that strike the drums – uses algorithmic composition techniques, namely genetic algorithms, to generate a plethora of new compositions whose gene comes from musical and ethnological research that results in an uncertain and unknown musical destiny, resorting to several evolutionary and mutational iterations.